Resultados 1 a 2 de 2

Tópico: Meu caro (a)

  1. #1
    Toca Fun! Avatar de gu1le
    Data de Ingresso
    Sep 2011
    Localização
    Arrabaldes
    Posts
    1.981
    Pontos: 64.630, Level: 100
    Atividade geral: 12,0%
    Conquistas:
    Tagger  - Primeira Classe Engajado(a) na comunidade Social 50000 Pontos de Experiência Criador(a) de conteúdo - Master

    Padrão Meu caro (a)


    .

    A maior parte dessa gente vai te enganar o tempo todo.

    Só pensam em dinheiro.

    A decência e dignidade são distribuídas as pessoas em doses desiguais.

    Pare um minuto.

    Eu te digo.

    Pare um minuto.

    Movendo-se tão rapidamente para o outro lado desta festa, minha observação perde-se ao luar.

    Minhas especulações tem base.

    Vale a pena.

    Acho que as coisas sempre foram horríveis.

    Todo mundo acha isto, pelo menos as pessoas mais perspicazes.

    E eu sei que estão certas.

    Já estive em toda parte, já vi de tudo e já fiz de tudo.

    Muitos acreditam nisto.

    Viver, ver, fazer tudo em toda parte.

    Porém não é verdade.

    Mas também não desbanca a certeza do horror.

    Ninguém é capaz de estar em toda parte, ver de tudo e fazer de tudo.

    A carne não aguenta e a mente não suporta.

    Algumas pessoas em certas situações deveriam abandonar tudo e fugir.

    Poucos escapam, ou quando tentam, é tarde demais.

    Há tantas coisas extraordinárias na vida de uma pessoa.

    1
    A solidão da primeira infância.

    2
    O exagero de sentimentos sexuais da adolescência, início da idade adulta.

    3
    A verdadeira certeza que vem na meia-idade de que o mundo não gosta de você e que está constantemente tentando te derrubar.

    4
    A benção da ausência ou perda constante e progressiva da memória que vem na velhice.

    5
    A sensatez e a integridade da morte que poupa os seres de coisas insuportáveis.

    Somos meros animais nascidos em meio a dores, destinados a morrer.

    Temos a Guerra. Todo dia guerras em todos os níveis de alto a baixo. Por dentro e por fora. Guerras dentro de guerras.

    A sua descoberta acontece cedo em nós, mas quase nunca guardarmos lembrança disso.

    É claro que crianças expostas cedo ao seu aperto mais grosseiro, nunca esquecem essa lição.

    Mas aí é mais uma visita indesejada dos pesadelos que entopem a noite, do que guerra propriamente dita.

    Aí é da mesma natureza que o crime, uma agressão incompreendida durante a infância, suscitando só medo e trauma.

    A verdadeira guerra não é isso.

    Não é o confronto de anjos com os demônios.

    A guerra é uma coisa dos seres humanos.

    De tal forma é um assunto das pessoas que parece difícil aceitar que esteja ausente do paraíso.

    É uma coisa que vem de dentro, é um jogo a sério que usa a glória como engodo, apesar de ser mortal que chegue para que não haja possibilidade de retorno ao ponto de partida.

    Pode voltar-se em corpo, mas volta-se outro.

    A guerra surge da nossa alma onde o inconsciente esperneia e se contorce. Lá ela é construída.

    Ela que precede a imaginação e a inteligência, a guerra que possibilita a destreza física e incorpora o conhecimento sensorial da natureza, a que anima a coragem e a vontade de vencer, e a que clama por justiça e busca a honra.

    O brandir das armas é apenas vento, um turbilhão que se agita na superfície, resultado da guerra que ja revolucionou a mente, permitindo o delírio rancoroso que veste no outro a farda do horror quando está em perigo a nossa família, o nosso sonho ou a nossa vida.

    E a nossa vida está quase sempre em perigo.

    A guerra que nos distingue dos animais.

    A guerra funda a humanidade.

    Antes que parta, gostaria de dizer que tens um desses raros sorrisos que trazem em si algo de segurança e de conforto; um desses sorrisos que encontrei umas quatro ou cinco vezes em toda a vida.

    Um sorriso que parece encarar todo o mundo, a eternidade, e então se concentra sobre mim, transmitindo-me uma simpatia irresistível.

    Um sorriso que me compreende até o ponto em que quero ser compreendido, acredita em mim como eu gostaria de acreditar em mim mesmo e me garante que tem de mim a impressão mais favorável que eu teria a esperança de comunicar.

    Um sorriso "Gatsby" de alguém que sabe escutar as pessoas.

    Por isto, obrigada(o) bom divertimento e até breve pois vou caminhar por aí.

    Uma perfeita, precisa lua cheia forte brilha até onde a vista alcança então aproveite bem a festa, pois a noite é uma criança.




    Fonte:

    https://semanickzaine.wordpress.com/...13/meu-caro-a/


    “A leitura torna o homem completo; a conversação torna-o ágil; e o escrever dá-lhe precisão.”
    (*¥*)
    - Francis Bacon


  2. O seguinte usuário agradeceu à gu1le por esse post:

    lureinhardt (13-02-2018)

  3. #2
    Toca Fun! Avatar de lureinhardt
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Localização
    Rio Grande do Sul
    Posts
    378
    Pontos: 20.855, Level: 63
    Atividade geral: 90,0%
    Conquistas:
    Engajado(a) na comunidade Tagger  - Primeira Classe 10000 Pontos de Experiência Criador(a) de conteúdo - Júnior Social

    Padrão

    E assim seguimos nesta vida...a procura de sorrisos "Gatsby".

  4. O seguinte usuário agradeceu à lureinhardt por esse post:

    gu1le (13-02-2018)

Tags para este Tópico

Marcadores

Permissões de Postagem

Sobre nós
© 2006 - 2018. tocadacoruja.net

  • » FAQ
  • » Manual do Fórum
  • redes sociais